Cuiabá (MT), 22 de julho de 2018 - 17:13

Notícias

06/04/2018 21:47

Nasa pretende enviar abelhas-robô a Marte

A Nasa, a agência espacial norte-americana, pretende mandar enxames de abelhas-robôs para explorar Marte. Batizadas de “Marsbees” – junção das palavras em inglês para “Marte” e “abelha” –, elas estão sendo desenvolvidas em conjunto por dois grupos de pesquisadores – um do Japão e outro dos Estados Unidos.

Os cientistas já conseguiram criar robôs que conseguem flutuar na Terra. Agora, eles pretendem testar esses robôs em uma câmara que simula as condições da atmosfera de Marte.

O projeto ainda dá seus primeiros passos. Os testes iniciais sugerem que robôs com a dimensão aproximada de um zangão e asas de cigarra teriam capacidade de voar na superfície do planeta.

As asas terão de ser desproporcionalmente grandes em relação ao corpo – com o ar mais rarefeito, a solução é aumentar a área para garantir a mesma sustentação que uma abelha teria na Terra.

 

As Marsbees serão integradas com sensores e dispositivos de comunicação sem fio. A base móvel – que pode ser um rover, robô da Nasa que explora o Planeta Vermelho – pode atuar como estação de recarga e principal centro de comunicação, segundo o projeto publicado no site da agência espacial.

 

Investimentos. A pesquisa está sendo financiada com os fundos de um programa da Nasa criado com o objetivo de refinar esses conceitos de exploração espacial para saber se eles podem mesmo ser aplicados na prática.

 

Propostas. As Marsbees estão entre os 25 projetos inovadores selecionados pela Nasa, que está investindo em conceitos de tecnologia que incluem ainda detecção do impacto de meteoros e pequenas tecnologias de mapeamento de detritos orbitais que podem um dia ser usadas para futuras missões de exploração espacial.

As 25 propostas tecnológicas encontram-se em estágio inicial. Cada uma delas receberá US$ 125 mil. Após noves meses, serão selecionados alguns finalistas, que receberão uma bolsa com um valor maior para dar continuidade às pesquisas.

 

Benefícios

Missão a Marte. O enxame de Marsbee, defende o projeto apresentado à Nasa, pode facilitar as redes de sensores, ajudar a criar sistemas resilientes e fazer amostragem ou coleta de dados.

 

Pesquisas incluem robô ‘metamorfo’

 

Washington. Os 25 projetos selecionados pela Nasa incluem um robô que se transforma dependendo do local em que está – voando na atmosfera, rolando em uma superfície lisa, flutuando em lagos ou explorando cavernas. O bot, apelidado de “metamorfo”, lembra o BB8, de “Star Wars”.

 

Também receberam financiamentos um robô de salto a vapor chamado “Sparrow” e um “robô biológico”. O primeiro é capaz de explorar o mundo gelado, como a lua de Saturno, Titan. O segundo, do tipo rover, é ligado a astronautas por um cordão umbilical para fornecer oxigênio, comida e água.

 

Flash

Como é hoje. A Nasa conta atualmente com o veículo Opportunity, que está há quase 15 anos operando em Marte, e com o rover Curiosity, que, desde o desembarque em 2012, viajou apenas 11,2 milhas.

 


INFORMES PUBLICITÁRIOS

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo